Marketing Pessoal

Rede de relacionamentos é marketing. Faça marketing de si próprio, faça marketing de sua singularidade, faça marketing de seu propósito.

christine comaford-lynch

O marketing se tornou mais competitivo no decorrer dos anos. Uma quantidade crescente de trabalhadores habilidosos estão competindo por uma quantidade de empregos cada vez menor e a cada ano milhões de estudantes com e sem graduação entram no mercado de trabalho para competir com os trabalhadores mais experientes.

Isto se tornou pior agora com o fato de que o mundo agora tem o mercado de trabalho globalizado, forçando os trabalhadores a competirem com candidatos altamente qualificados de outros países procurando por trabalhos e contratos lucrativos.

Com tanta competição por empregos, é necessário que quem está procurando por emprego fazer tudo o que puder para que possam se destacar. Um currículo elegante e uma carta de apresentação atraente não são o suficiente para se conseguir um emprego. Os trabalhadores precisam usar as ferramentas da internet e técnicas de marketing para construirem as suas habilidades e experiências da melhor maneira possível e evitarem de se perder pelo caminho.

Neste Artigo

Relacionado

O que é Marketing Pessoal?

Marketing Pessoal ajuda os indivíduos a melhorarem sua imagem e reputação para avançarem em suas carreiras. Marketing pessoal às vezes é chamado de marca pessoal porque usa as ferramentas de promoção de uma marca para criar uma imagem sobre o funcionário do que de um produto (veja também marketing de marca). Dá ao candidato mais oportunidades para comunicar com eficiência seus valores, habilidades, experiências e visão para os empregadores em potencial. Um marketing pessoal bem-sucedido ajuda aos empregadores a separá-los das centenas de outros candidatos que podem estar competindo pelo mesmo emprego.

Há muitas estratégias para quem está procurando por emprego possam utilizar para poder se diferenciar dos outros. As mídias sociais ajuda à quem quer se utilizar do marketing pessoal a fazer perfis onde possam mostrar portfólios de seu trabalho, destacando suas experiências e entrando em contato com empregadores em potencial. Blogs oferecem a oportunidade de mostrarem sua experiência e comentar sobre as tendências do mercado. Conferências de profissionais apresentam diversas oportunidades de se conectar com empregadores e terem uma primeira impressão pessoal de ambas as partes. Já os trabalhos voluntários é uma afirmação dos valores do empregado.

Dicas de Marketing Pessoal

  • Pegue Depoimentos – Deixe que as boas respostas dos clientes anteriores ajudem a vender os seus serviços para clientes futuros;
  • Faça do Marketing Pessoal um Hábito – Trate o marketing pessoal como um segundo emprego. Dedique uma parte do dia para trabalhar nos seus esforços de marketing pessoal;
  • Use as Redes Sociais – Use o Facebook, Instagram, Linkedin para mostrar o que está fazendo e entrar em contato com clientes em potencial e empregadores;
  • Coloque um currículo online – Torne mais fácil para os empregadores e clientes baixarem um currículo;
  • Use fóruns online – Se junte aos fóruns relacionados à sua atividade e não tenha vergonha de destacar as suas experiências e qualificações;
  • Use um avatar reconhecido globalmente – É uma figura que aparece próximo às postagens de blogs e nos comentários. Usar isto ajuda a humanizar as atividades online e promovem o reconhecimento;
  • Defenda você mesmo – Inclua uma parte no seu site pessoal que mostre de 5 a 10 itens do seu trabalho se destacar dos demais;
  • Use palavras-chave – Usar palavras-chave relacionadas ao seu ramo de atividade nos posts de blogs, perfis de mídias sociais e sites pessoais torna mais fácil de o empregador te encontrar;
  • Faça o seu marketing com os outros – Se você mantiver um blog, ofereça para recomendar o trabalho de um amigo ou colega se ele mencionar você em seu próprio blog.

Quem usa o Marketing Pessoal?

Há dois grupos de pessoas que estão mais interessadas no marketing pessoal, incluindo os candidatos que estão procurando por emprego, procurando por aumento de salário ou para tentar mudar de emprego. Eles devem observar as vagas em aberto, então vender suas habilidades e experiências para quem for contratá-los. Se estão procurando por um aumento de salário, precisarão fazer marketing de si mesmos dentro da empresa, enquanto aqueles que estão querendo mudar de emprego devem aumentar os seus esforços de marketing para onde deseja ir.

Os freelancers são o segundo grupo de pessoas de devem se vender de maneira mais agressiva. Trabalham com independência e são contratados por uma variedade de empregadores. Desenvolver relacionamentos com outros freelancers, clientes e profissionais de sua área é necessário para que encontrem trabalhos frequentes. Estes profissionais independentes precisam se vender constantemente para deixar os clientes cientes da sua marca pessoal, habilidades e reputação.

Ferramentas para marketing pessoal

  • Quora – Um site social de perguntas e respostas que é popular com os empregadores da indústria da tecnologia. O site pode ser usado para para fazer pesquisas e para “espalhar” a sua marca pessoal;
  • Pingomatic – O serviço permite aos usuários “pingarem” os posts do blog e os comentários para que possa ser mais fácil de serem encontrados na internet;
  • Tumblr – Este blog torna fácil a configuração de um blog e para compartilhar conteúdo através da internet e das mídias sociais. Comparado aos outros sites de blog, o Tumblr é otimizado para conhecer pessoas.

Como é Desenvolvido e Implementado um Plano de Marketing Pessoal?

No desenvolvimento de um plano de marketing pessoal, quem está procurando emprego deve identificar quais tipos de emprego querem, quais são suas maiores habilidades e fraquezas e como são percebidos profissionalmente. Devem saber onde estão para saber para onde vão. Quando estas perguntas forem respondidas, quem está procurando emprego poderá começar a identificar oportunidades de emprego em potencial.

Saber onde o empregador contrata é a chave para o processo de networking. Pessoas que estão procurando por empregos em tecnologia podem pesquisar blogs e perfis de pessoas que trabalham no setor para começar a fazer as conexões. Da mesma maneira, se alguém estiver procurando emprego como chef de cozinha pode ir à demonstrações de eventos culinários ou empresas de produtos alimentícios e falar com pessoas interessadas em comida. Da mesma maneira que os marqueteiros visam os consumidores, pessoas que estão fazendo marketing pessoal devem visar os empregadores. (Veja Público Alvo)

O processo de construção de uma marca pessoal é um trabalho intenso. Quem estiver procurando emprego deve constantemente atualizar blogs, responder e-mails, manter contato e melhorar sua imagem.

Fonte: Marketing Schools

Autor: jean cavalcante

Formado em Ciência da Computação. Fluente em inglês. Sei ler textos escritos em francês e espanhol quase que totalmente transquilamente. Gosto de aprender de tudo um pouco e nesta onda tenho conhecimentos técnicos e práticos no mercado financeiro; gosto de ler ficção, aventura, ciência, filosofia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.